Bolsa Volt Data Lab - Investigando a Alesp

Inscrições encerradas

Esse edital traz as condições, regras e orientações sobre da Bolsa Volt de Jornalismo: Investigando a Alesp, que concederá R$ 3 mil para um(a) repórter desenvolver uma reportagem de fiscalização do legislativo paulista.

  • Quem: jornalistas em meio de carreira, com pelo menos 5 anos de experiência; que não estejam empregados e que morem na cidade de São Paulo (não serão apoiados jornalistas empregados, nem profissionais de fora de São Paulo);
  • Quanto: R$ 3 mil para desenvolver uma reportagem investigativa sobre a Assembleia Legislativa de São Paulo;
  • Quando: inscrições de propostas de reportagem até 13/05 INSCRIÇÕES PRORROGADAS ATÉ 19/05; desenvolvimento de junho a setembro.

EDITAL

A Assembleia Legislativa de São Paulo (Alesp) é uma caixa-preta jornalística e seu trabalho e parlamentares são desconhecidos pela maior parte da população. A cobertura combativa que é feita sobre o Congresso Nacional não se reflete nas Assembleias Legislativas estaduais, e é raro encontrar grandes reportagens que se aprofundem nessa instituição ou acompanhem de maneira recorrente o andamento de políticas públicas definidas pelos deputados estaduais. Isso é verdade mesmo no estado de São Paulo, que concentra boa parte dos jornalistas e veículos de expressão nacional do país.

Por isso, o VOLT DATA LAB quer encontrar um repórter capaz de mergulhar na Alesp para trazer dali as histórias que voltem o olhar da opinião pública para uma instituição que tem influência direta sobre a vida de 40 milhões de pessoas.

O VOLT DATA LAB é uma agência independente de jornalismo e de pesquisas focada em análises, reportagens, investigações, relatórios, levantamentos e visualização de dados, desenvolvendo projetos em diversas áreas, como política, economia, direitos humanos, mídia e tecnologia.

As inscrições vão de 2 de maio de 2018 e até 13 de maio INSCRIÇÕES PRORROGADAS ATÉ 19/05. Os selecionados para a segunda fase serão escolhidos até o dia 20 de maio e as entrevistas serão realizadas entre 23 e 25 de maio. O resultado final será divulgado no dia 28 de maio.

EXPERIÊNCIA

A bolsa de reportagem é voltada a profissionais que ganham a vida prioritariamente por meio do jornalismo e de forma independente, seguindo os preceitos básicos de apuração e metodologia jornalística, buscando opiniões contrárias e a investigação de fatos, não a construção de teses.

Os candidatos devem ter mais de cinco anos (5 anos) de profissão, serem freelancers, não terem contrato fixo de trabalho e devem morar preferencialmente na cidade de São Paulo, pela necessidade de apuração in loco na Alesp. Candidatos de outras cidades do Estado podem se candidatar, mas não será despendido nenhum valor adicional por parte do VOLT para cobrir custos de viagem e acomodação.

SOBRE A BOLSA

A bolsa será de R$ 3 mil (três mil reais), paga com recursos próprios do VOLT em duas parcelas, um terço (R$ 1.000) no início da apuração, em junho, para cobrir os gastos iniciais e o restante (R$ 2.000) após a entrega final da reportagem, no início de setembro, a título de remuneração pelo projeto. 

SOBRE A ENTREGA

O primeiro foco da bolsa é a realização de uma ou mais reportagens que fiscalizem a atuação dos parlamentares na Assembleia Legislativa de São Paulo e aproximem os cidadãos do que acontece na casa. É importante também que o(s) projeto(s) seja(m) criativo(s), inédito(s) e usem linguagem(ns) e abordagem(ns) que potencializem a compreensão e o alcance da cobertura e tragam vozes diversas.

Pela natureza do VOLT, o foco em dados é desejável, mas não essencial. O VOLT dará total apoio no tratamento dos dados e na finalização da reportagem, no que diz respeito à edição, tecnologia e visualização.

A proposta deve considerar o prazo de desenvolvimento do projeto, com início em junho e publicação no início de setembro, antes das eleições; e a necessidade de dar feedback e reuniões de retorno em três momento durante esse período.

SOBRE A SELEÇÃO

A seleção vai levar em conta a experiência do profissional na cobertura política e a qualidade dos projetos jornalísticos prévios desenvolvidos, a coerência do projeto de reportagem proposto - também com a trajetória do profissional, sua dimensão e relevância e o potencial impacto. Os trabalhos prévios indicados devem estar assinados e, se realizados em grupos, deve ser descrito o papel desempenhado pelo jornalista candidato.

O processo seletivo será feito em duas fases. A primeira é composta por um questionário, que pedirá dados básicos sobre os jornalistas e a experiência deles e um formulário de pauta. A segunda será a entrevista presencial para defesa do projeto.

As candidaturas serão analisadas por uma jornalista com experiência em projetos de reportagem e um membro do VOLT, na primeira etapa. Depois, passarão por uma comissão de profissionais ligados à política legislativa e um membro do VOLT.

Durante todo o processo seletivo, o VOLT estará disponível para esclarecer dúvidas pelo e-mail bolsas@voltdata.info.

SOBRE O DESENVOLVIMENTO DA REPORTAGEM

A reportagem selecionada será divulgada no dia 28 de maio de 2018. O repórter ou equipe de repórteres escolhidos serão contatados então para verificar se mantém o interesse em desenvolver a pauta. Em caso negativo, serão chamados outros candidatos que participaram na segunda fase, seguindo a ordem de escolha da comissão de avaliação.

O início oficial da apuração será 1º de junho, quando a equipe do VOLT e do bolsista vão se reunir para assinar o contrato da bolsa e fazer a primeira reunião de pauta, programando os passos seguintes da reportagem.

Durante todo o processo, a equipe do VOLT estará disponível para orientar o encaminhamento da pauta por e-mail, telefone e presencialmente. Pelo menos três reuniões de acompanhamento e orientação da apuração serão realizadas entre o VOLT e o bolsista, podendo contar com a presença, orientação e consultoria de outros profissionais. A apuração, no entanto, estará sob a responsabilidade integral do bolsista e deverá ser desenvolvida com os recursos da bolsa.

Durante todo o processo de apuração o jornalista bolsista poderá se identificar como repórter do VOLT.

A primeira versão da reportagem será entregue no dia 13 de agosto e a versão final em 27 de agosto. A edição ficará a cargo do Volt e a publicação será feita em parceria com outros veículos. A publicação está prevista para ocorrer a partir do dia 3 de setembro de 2018.

O VOLT encoraja o desenvolvimento de um relatório final, além da reportagem, que explique como foi o desenvolvimento do projeto - inclusive o uso dos recursos - e o impacto na trajetória do jornalista.

 

Direcionar dúvidas para o email  bolsas@voltdata.info. Currículos e questionamentos não pertinentes com o processo seletivo serão automaticamente desconsiderados. 


Alesp

Av. Pedro Álvares Cabral, 201. São Paulo - SP - CEP 04097-900 - PABX: 3886-6000